Category Archives: Tudo depende do fato que se vestiu de manhã

Quem cospe para o ar, arrisca-se…

Uma das peripécias mais curiosas de se observar caso António Costa avance para a Câmara de Lisboa – e vença – será o modo como lidará com a Lei das Finanças Locais que ele próprio impulsionou e defendeu enquanto ministro. A tal lei que todos os autarcas atacaram por ser centralista, castradora da acção do […]