Category Archives: no meu bolso mandam eles

Qual será o custo para o contribuinte?

TGV vai ter de vender bilhetes “low cost”.Um “mamute negro” deste calibre nem com bilhetes “high cost” seria rentável… Anúncios

Os limites da representatividade (republicação)

A propósito deste comentário da leitora Clara Martins feito em posta anterior do Gabriel: É melhor pensarem muito bem antes de gastarem o dinheiro em estudos. Nunca é demais lembrar que a decisão compete EXCLUSIVAMENTE ao governo, que, para isso, foi eleito pelo povo. Portanto, com estudos ou sem estudos (a menos que esses estudos […]

As nebulosidades da Ota

Do nosso leitor JBM recebemos via e-mail o texto que abaixo se publica, onde se levantam várias interrogações que indiciam a enorme falta de transparência do projecto. Escrito por quem sabe (bolds meus).### OTA. Artºs Obscuros ou o Crime Consumado? O que se segue reforça a ideia de que este Governo tem bons assessores, peritos […]

O Ministro dos Entretantos

Primeiro, decide-se definitivamente que o novo aeroporto vai ser na Ota. Decidi, está decidido. Os outros adiam, eu decido. Já está. É definitivo. É decisivo. É na Ota. Ota Olé, Ota Olá. Foguetório e comes e bebes e faz-se o anúncio. É irreversível. Depois aparecem os estudos que confirmam quão adequada, perspicaz, avisada, tremendamente iluminada […]

Ou na margem sul fica quase de borla, ou a Ota custará 10.000 milhões…

Um caso evidente de falta de rigor jornalístico e (ou) gralhas e (ou) necessidade de grandes títulos: (…) a equipa de José Manuel Viegas calcula que o investimento total poderia cair cerca de 25 por cento. Em termos práticos, isso representa mais de dois mil milhões de euros, talvez 2,5 mil milhões. Ou seja, a […]

Mestres na Propaganda

Os títulos: Teixeira dos Santos segura o monstro (CM).Despesa nacional desceu 1,3% para 72 mil milhões em 2006 (Agência Financeira)Teixeira dos Santos admite baixar primeiro o IVA (Público)Redução da despesa pública foi decisiva para a melhoria do défice (JN)Redução da despesa pública melhora o défice (Observatório do Algarve)Contenção da Despesa Corrente Primária superou os 200 […]

Os interesses escondidos nos mega-projectos (II)

Ainda sobre o debate no último P&C sobre a Ota, escreve-nos mais uma vez o leitor JBM:### Só ontem pude ver o debate no Prós & Contras sobre a Ota com um grupo de engenheiros, o que me leva a confirmar algumas teses. O debate pôs claramente em confronto dois grupos de engenheiros. Um, que […]

Discutiu-se a Ota

A frase da noite, paradigmática, pertenceu a Fonseca Ferreira, presidente da CCDR de Lisboa: Neste país, cada vez que se fala de uma grande obra, ficam quase todos contra… É isso que move todos aqueles engenheiros: uma grande obra. Até José Manuel Viegas, que há um ano defendia a Portela + 1, agora opta pela […]

Discute-se a Ota – 3

Até a Fátima Campos Ferreira é categórica: a Portela esgota-se em 2017! Indiscutivelmente! Não se perca mais tempo!

Discute-se a Ota

No Prós & Prós. Sala repleta de brilhantes técnicos, todos ansiosos por ligarem o nome a uma grande obra. Lisboa precisa de um aeroporto gigante, ponto final! Seja na Ota ou noutro lado. Porque temos de ter um hub para competir com Madrid e isso implica uma cidade aeroportuária, um centro logístico, essas coisas. Nem […]

Subitamente, lembrou-se da Ota

Porquê só agora? Porque sente que a estrela de Sócrates começa a empalidecer? Para se antecipar a Portas? Para impedir que Santana se “aproprie” do tema, ele que há uns dias defendeu um referendo ao investimento da Ota? Ou porque o projecto já atingiu o ponto de não retorno, podendo agora servir de bandeira da […]

Eco-fascismo Luminoso

Quando se mistura o politicamente correcto com ambientalismo a metro e se rega tudo com um lobby industrial europeu, o que é que se consegue? Uma idiotice luminosa e ruinosa para os europeus.

Uma promessa fácil de cumprir.

Prometo gastar muitos milhões que não são meus.

Solidariedade Coerciva

Os homens que querem moldar o mundo, tiveram outra ideia. Mais um imposto, o 6471º de uma longa lista de maneiras de obrigar os cidadãos a pagar qualquer coisa que passe pelas cabeças iluminadas dos salvadores do planeta. Desta vez, a ideia é expropriar a solidariedade de quem viaja de avião. Para tratar da saúde […]

Os guardiões do regime

O banqueiro O “filantropo” O “apparatchik” O empata