Category Archives: Aquele camelo quer passar pelo buraco da agulha da Ota

Até o OTISMO militante deveria ter limites

Mário Lino assegura que as possíveis localizações para um novo aeroporto na margem sul do Tejo não passam de um «deserto». No meio da sua prédica, em jeito de fundamentação erudita, berra em francês: «Jamais!»Em sua defesa, Almeida Santos elucida um país cada vez mais espantado que um aeroporto na margem sul é muito perigoso. […]