Luiz Pacheco

Faz jus ao seu perfil iconoclasta nesta entrevista, publicada a título póstumo. Vale a pena ler.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: