É bonito…

… ver, agora mesmo, na Sic-Notícias, um responsável do Casino Estoril a fazer uma defesa épica do Inspector-Geral da ASAE, o inefável António Nunes. Gesto totalmente desinteressado, é claro.
Pena é que o nóvel amigo do ranger da ASAE use dois argumentos contraditórios entre si:

– Nunes estava na zona dos fumadores;
– A lei anti-tabaco não se aplica aos Casinos.

No meio do esforço titânico de safar o Inspector-Geral (é caridade cristã, certamente), resta saber porque é que os Casinos gastaram dinheiro e tempo a criar condições de aplicabilidade para uma lei que se lhes não aplica…

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: