Viva a segurança

No elucidativo ‘Forum da TSF’ acabei de ouvir um ‘especialista’, general e tudo, sobre a vídeo-vigilância e os assassinatos no Porto. A dado passo, o dito engendra uma teoria explicativa protagonizada pelo ‘liberalismo selvagem‘ e a ‘globalização‘. Concluindo, claro, que “no séc. XXI teremos de trocar muitos direitos em prol da segurança“…
Está o Sr. General um pouco equivocado – não é no séc. XXI! Sempre foi assim em todos os séculos e em todas as eras. A limitação da Liberdade sempre, sempre, cavalgou o pretexto da segurança, sempre encarou os direitos dos cidadãos – sobretudo o direito à privacidade e à intimidade – como perigosíssimas causas de todas as inseguranças.
E as conclusões, também, foram sempre as mesmas: quanto menos Liberdade mais chances tem o Estado de controlar, assegurar, punir, reprimir, vigiar. Os criminosos e os outros. Sobretudo estes últimos, claro.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: