Ad hominem (832)

(mais um exemplo aplicado da seráfica tese acerca da boa argumentação nos debates em geral)

«UM ESCLARECIMENTO AO SR. DANIEL OLIVEIRA: (…) o sr. Daniel Oliveira é radicalmente analfabeto e julga que todos aqueles que não partilham o seu mau-carácter estão necessariamente à direita dele e do atoleiro ideológico onde ele vive e sobrevive. Um atoleiro que, convém esclarecer, o sr. Daniel não gosta de alardear em público (…) acreditei que lidava com um cavalheiro leal. Puro engano. O cavalheiro não é leal e a sua manifesta personalidade de verme impede qualquer discurso civilizado (…) JPC»

João Pereira Coutinho, Coluna Infame, 6 de Junho de 2003

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: