Está tudo doido!


Escreve Jorge Miranda, hoje, no Público (sem link directo):
«… Ao que me disseram, na Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, as reuniões do conselho científico decorrem em inglês! Como é possível que um órgão administrativo de uma entidade pública portuguesa funcione sem ser em língua portuguesa

Já que estes economistas revelam tanta ânsia em se internacionalizarem, deslumbradamente, que tal reunirem, também, em chinês? E o árabe, meus senhores?! Afinal, idiomas com bastante expansão e função económica, não vos parece?…

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: