Realmente….

O que havia para dizer já foi dito. E bem. Pelo Tiago Mendes:
«Suspiros»
«Conversas (sur) reais»

Apenas uma nota: a revista não foi apreendida a pedido da família real, mas sim a pedido do ministério público. E nem a Casa Real, nem os princípes visados apresentaram sequer queixa. O que só lhes fica bem.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: