Mais mil milhões, menos mil milhões

Tentar conjugar o Novo Aeroporto de Lisboa com o TGV é como tentar meter dois elefantes brancos dentro de uma loja de porcelana. É por isso que este debate entre a CIP e a RAVE é tão divertido. De repente ficamos a saber que uma obra que diziam que ia ficar de borla para o contribuinte afinal tem acessibilidades que custam milhares de milhões de euros. A dúvida é se custam 6 mil milhões, 3 mil milhões ou 4 500 milhões.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: