Defendamos nós o Vieira deles!

Ontem, a Ass. Geral do Benfica foi atribulada. A proposta de fazer do “pastor alentejano da PT” (Marcelo dixit) sócio honorário da instituição foi chumbada. E o presidente da coisa foi injuriado: aldrabão, vigarista… Muito injusto para o homem que prometeu certezas assim:
– A transferencia de Mantorras é superior à do Figo. Mantorras vale 18 milhões de contos. Mantorras é muito cobiçado na Europa, não sai por menos de 18 milhões de contos – Agosto de 2001
– Temos a coluna vertebral do futuro campeão europeu – 27/4/2002
– É possível termos meio milhão de sócios em 2003 – Outubro 2002
– Dentro de 3 anos o Benfica será o maior do mundo – 19-04-2003
– Nos próximos três anos resolveremos todos os problemas do Benfica. Não faço promessas aos sócios”, idem
– O objectivo é termos 500 mil sócios daqui a três anos – Outubro 2003
– “Luís Filipe Vieira quer tornar Simão num símbolo do Benfica e está disposto a abrir um regime de excepção para segurar o capitão” – Record, 19/3/2007
– «O Benfica não vai participar na Taça da Liga» enquanto este organismo «não estiver verdadeiramente empenhado em credibilizar o futebol» 19/5/2007

O presidente da AG, o lúcido Vilarinho, foi obrigado a entornar pedidos de calma que nunca conseguiram tornar o ambiente mais sóbrio. A polícia teve de ser chamada…
Por mim, estou disposto a iniciar um movimento de apoio a Vieira. Para qualquer portista que se preze, a continuidade da actual direcção encarnada é um bem precioso – pelo que dizem, pelas figurinhas que fazem e pelas incontáveis alegrias que nos dão. Com jeitinho, Vieira e os seus ainda alcançarão a glória daquele que melhor soube representar a alma encarnada: Vale e Azevedo.
Já faltou mais…

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: