Ainda não consigo compreender…

… O que se festeja no dia de hoje, uma data que reúne inúmeras razões para reflectir e lamentar e nenhuma para comemorar. Marca indubitavelmente o advento do estatismo em grande escala e o despontar do período de maior bandalheira da nossa história, à beira do qual o gonçalvismo não passou de uma pequena turbulência. E constituiu a perfeita incubadora dos 40 (?) anos de salazarismo que lhe sucederam.

Adenda: sobre a representação simbólica do Estado (monarquia ou república), indispensável a leitura desta posta do Rui.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: