Sexo em Democracia (Making Of)

textos que não chegaram ao DN por falta de espaço

No último debate do Estado da Nação José Sócrates defendeu um conjunto de incentivos à natalidade, o que por si só é um reconhecimento do miserável estado em que se encontra a Nação. A Nação não pode ou não se quer reproduzir, e isso só pode ser um indicador de que ou não dispõe de meios para se reproduzir ou que não há nada suficientemente valioso para ser reproduzido. As reacções às medidas de Sócrates sugerem que se trata de um problema de meios e não de auto-estima. A maior parte dos comentadores considerou que os meios disponibilizados por Sócrates para a reprodução da Nação são insuficientes. A Nação, afinal, considera-se digna de se reproduzir, não tem é os meios para o fazer.

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: