«Mandato claro e preciso»

Parece bastante «claro e preciso» o mandato que resulta do texto final da última cimeira europeia (descontando a tecnicidade do jargão jurídico e as contínuas referências cruzadas aos diversos tratados).
Ali se diz claramente onde cortar, o que acrescentar, as excepções, o significado dos conceitos, declarações anexas, o que fica, o que sai, etc., etc. O trabalho de elaboração do novo Tratado Reformador será tarefa exclusivamente técnica, estando definidas desde já todas as alterações e modificações. Os técnicos em direito comunitário terão a vida facilitada: um cola e coze, sem grande margem para qualquer ambiguidade.
Assim, a única questão que restará incerta sobre o texto final é: será que na cimeira de Outubro serão produzidas alterações em virtude de novas decisões políticas?

Via Insurgente, uma primeira abordagem comparativa entre o que estava previsto e o que será o Tratado Reformador.

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: