Leitura recomendadíssima a quem dela tanto parece necessitar


Eu e o clero, Considerações Pacíficas e Solemnia Verba, obras de Alexandre Herculano, escritas em 1850 e que contêm alguns pormenores que deveriam ser lidos antes de certos dislates serem levianamente expelidos.
Em jeito de tira-teimas, para quem, ainda, piamente, as quiser conservar, talvez seja aconselhável passar os olhos pela magistral
História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal, escrita em1854-1859, leitura sempre profícua e que, até, poderá impedir, ou pelo menos limitar, a constante tendência para o resvalo na falsificação da verdade histórica e filosófica das coisas.

Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: