O Público online

Com a nova versão papel, alguma coisa também já mudou na versão online. Infelizmente, muito pouco. E para pior.
Por exemplo, o acesso online às notícias que saíram em papel retrocedeu uns anitos! Agora existe uma imitação de «A Bola». Se ainda assim se pode ler a notícia (para qual é preciso dois ou 3 cliks, o que é um erro grosseiro), a mesma serve de pouco: não se pode linkar, a não ser os títulos, não tem associado qualquer link (interno ou externo ao texto), nem artigos relacionados, nem perfis dos personagens/instituições referenciadas, nem dossiers, nem infografia, nem artigos de arquivo. Nadinha. É como se de uma mera versão pdf moderninha se tratasse. É o reconhecimento, da primazia absoluta do papel, da «impressão», versus o online.
Afinal, a inspiração guardiana ficou-se pelo design e não pelo que realmente interessava: serviço acrescentado e proximidade ao leitor. Como eles até sabem muito bem fazer.
Anúncios

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: