Monthly Archives: Novembro 2006

Simdicato

O Sindicato dos Jornalistas demorou menos de 6 horas a criticar a opção da Rádio Renascença de se colocar do lado do “não” no referendo à despenalização do aborto. Dúvida: quantas horas demoraria o sindicato a reagir se uma qualquer emissora não católica anunciasse o seu apoio ao “sim”? Anúncios

Senas Fiches

Na Visão, Pedro Norton desperdiçou um artigo inteiro por causa de um mal entendido. A crónica de hoje é uma crítica à educação dos últimos 30 anos, usando como leit-motiv um cartaz exibido por um chavalo na manif dos putos do secundário. O cartaz “Queremos Tipo Coisas Fixes”, da fotografia ao lado, publicado na capa […]

Leituras:

– «E eles que se detestam cordialmente….», por Sérgio Figueiredo;– «Reino Unido diz não à extensão do copyright para 95 anos», no Remixtures;– «Alemão condenado por tentar converter muçulmano»;

Economia de mercado planeada por burocratas

Uma economia em que o consumidor se encontra totalmente protegido não podendo dessa forma fazer escolhas, cometer erros ou ser responsabilizado pelos seus erros sofrendo as consequências das suas escolhas não se distingue em nada de uma economia de planeamento central. Todas as escolhas são feitas pelos burocratas, o consumidor nunca aprende com os seus […]

É HOJE

Excelente programa no 13º aniversário da Casa Fernando Pessoa. Ver na Origem das Espécies.

A religião divide

Joe Heller, Wisconsin – The Green Bay Press-Gazette

O golpe de estado I

Adama: Then I’m terminating your presidency, as of this moment.

Flexigurança II

De acordo com a propaganda oficial e a opinião da oposição é um novo conceito de mercado de trabalho em que as pessoas podem passar menos tempo a trabalhar e mais tempo a viver de um subsídio de desemprego de valor escandinavo mas que não pode ser aplicado em Portugal porque não há dinheiro para […]

Flexigurança

O Grupo Parlamentar do PCP já pratica.

MENEZES SOBRE MARCELO

«… Como uma espécie de “faz tudo” da corte, misto de comediante, declamador e cantor lírico, lá vai, domingueiramente, destilando banalidades com ar grandiloquente.Com uma carreira politica completamente falhada, em que sobressaem a humilhação perante Sampaio em Lisboa, a fuga ao embate com Guterres em 1999, é a “loira platinada e bem torneada” do regime: […]

UMA VERDADE INCONVENIENTE

Cortesia Glenn McCoy, NYT

Grande Alívio

Não estiveram a escrever para o boneco.

Aviso: Alteração à programação

Sua Excelência o Presidente da República (vénia) fará hoje às 20:00 uma comunicação ao país. Tendo em conta que as televisões estão obrigadas a cumprir os horários, tendo em conta que esta comunicação não foi anunciada com 48 horas de antecedência, tendo em conta que já se sabe o que ele vai dizer, tendo em […]

Garantia ao dia

Aqui há uns tempos o governo obrigou os parques de estacionamento a vender o seu produto em fracções de um quarto de hora. Desta forma, aqueles que querem comprar apenas 15 minutos não têm que pagar aquilo que não consomem. Ora, passa-se o mesmo problema com as garantias dos electrodomésticos. Actualmente os vendedores impingem uma […]

A LER

Arredondamentos. Por Carlos Loureiro.

Sintoma

A flexisegurança guterrou.

Há sempre alguém que pensa por nós!

«Por favor, não falem do que não sabem e deixem-nos trabalhar sobre a actualização da Terminologia, tirar conclusões da experiência em curso e tornar o ensino da gramática do português menos obsoleto e integrado nos programas actuais que, evidentemente, não sofrerão qualquer alteração. Maria Helena Mira Mateus, Professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade […]

31 anos a caminhar para o socialismo*

Habitualmente assume-se o 25 de Novembro de 1975 como o último dia do PREC, essa espécie de acne revolucionário que nos atacara serodiamente alguns meses após o 25 de Abril e se acentuara a 11 de Março de 1975. Consoante as convicções políticas de cada um assim se optará por definir o 25 de Novembro […]

O Preço da Transparência (II)

São curiosos muitos dos comentários ao post do João Miranda “O Preço da Transparência“, num tom de alguma indignação como se o ‘post’ contivesse alguma novidade vinda dos confins de um apocalíptico ultra-liberalismo que até pretende discutir coisas tão adquiridas como a necessidade permanente e absoluta de protecção do consumidor pelo estado e pela lei. […]

Coincidências?

Há uns dias, o PS-Porto organizou um mega “jantar de desagravo” a Narciso de Miranda pela sua não indicação para a Comissão Política no recente Congresso do partido. Ontem veio a público um “oportuno” relatório do Tribunal de Contas sobre o Metro do Porto, do qual os media destacam basicamente a utilização de cartões de […]