Freitas não «compreende» canadianos

«….e em terceiro lugar as necessidades da economia de Toronto em matéria de construção civil, que ficariam profundamente afectadas, com grave prejuízo para a economia do Canadá, se de repente os trabalhadores portugueses desse sector começassem todos a ser mandados embora”, afirmou o governante português.»
E que é que o ministro português a ver com a economia do Canadá?
A não ser, claro, que doravante e coerentemente o Estado português deixe de expulsar os imigrantes moldavos e ucranianos, em virtude da sua necessidade para a construção civil e agricultura portuguesas.
O que até era uma boa ideia.

Publicar um Comentário

Required fields are marked *

*
*

%d bloggers like this: